Matemática terá exame nacional único no fim do ano letivo

09-09-2017

Sociedade Portuguesa de Matemática critica fusão de programas numa só prova. Secretário de Estado fala em cumprir expectativas de alunos.
Fonte: Diário de Notícias

Imagem: João Manuel Ribeiro / Global Imagens

A Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) manifestou ontem, em comunicado, a sua "extrema preocupação" com as "inesperadas" alterações aos referenciais dos exames e das provas de aferição da disciplina promovidas pelo Ministério da Educação. Em causa está, sobretudo, o exame de Matemática A do 12.º ano - que será comum para os alunos que seguiram os dois programas da disciplina - , mas também as provas do quinto ano de escolaridade. Em resposta enviado ao DN, o secretário de Estado da Educação, João Costa, explica que está em causa o cumprimento de "todas as expectativas dos alunos".

A referida prova do 12.º ano deverá juntar aspetos comuns entre o antigo programa da disciplina e o que começou a vigorar a partir de 2013, incluindo também questões alternativas de matérias específicas de cada um. Mas a SPM não só considera esta solução inexequível - " pressupõe que haja turmas separadas para os dois grupos de alunos, já que será irrealista supor que em turmas comuns seja possível lecionar ao longo do 12º ano todas essas matérias", diz - como injusta. Nomeadamente para a "larga maioria" de alunos que seguiram o novo programa, por não terem chumbado à disciplina.

Ao DN, o secretário de Estado defendeu, no entanto, existir "um número não residual de alunos que realizará o exame de Matemática de 12.º ano em 2018 que não esteve exposto ao novo programa", além de terem sido "reportados ao Ministério de Educação muitos casos de incapacidade de lecionação efetiva do novo programa e das novas metas".

João Costa explicou ainda que foram pedidos pareceres, não só à SPM como à Associação de Professores de Matemática, à Direção-Geral de Educação e ao instituto de Avaliação Educativa (IAVE) , tendo o conjunto destes ditado aquela que foi considerada "a solução mais justa e mais capaz de garantir uma efetiva comparabilidade".

Mais Notícias...

Semeamos sucesso, colhemos sorrisos!

A Árvore do Conhecimento presta serviços relacionados com o apoio escolar, desde o acompanhamento e apoio ao estudo diário até às explicações individuais passando pela preparação para testes e exames, transporte de crianças e ocupação de tempos livres ( atl / otl ).

O que dizem de nós...

Árvore do Conhecimento - Centro de Estudos e Explicações

Via Engº Belmiro Mendes de Azevedo, 281
Castêlo da Maia
4475-401 MAIA

Gemunde - Santa Maria de Avioso - Gondim - Mandim - Barca
224 068 706
916 409 039
936 374 437

[javascript protected email address]
Facebook  Google+  Instagram  LinkedIn  Facebook Messenger  
Árvore do Conhecimento - Centro de Estudos e Explicações
cicap
Aderente pleno ao CICAP, sito na Rua Damião de Góis, nº 31 - Lj 6. - 4050-225 Porto
www.cicap.pt
arrow
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização. Para mais informações consulte a nossa Política de Privacidade.